quinta-feira, 7 de abril de 2011

Cruzeiro e Coritiba dominam índices do País em 2011; veja ranking


O Coritiba é o melhor time do Brasil em 2011, mas o Cruzeiro está bastante perto. Em pouco mais de três meses de futebol nessa temporada, os dois clubes são os que mostram os números mais dominantes em um ranking de aproveitamento, gols pró e gols contra elaborado pelo Terra. O Flamengo, campeão da Taça Guanabara, também está bastante próximo da dupla.
Em 18 jogos pelo Campeonato Paranaense e mais quatro na Copa do Brasil, o Coritiba acumula o impressionante aproveitamento de 93% - são 22 vitórias e só dois empates, contra Paraná Clube e Arapongas. O clube alviverde, que retorna à elite do país neste ano, ainda tem o terceiro melhor ataque, com média de 2,72 gols por jogo, e a sexta melhor defesa, com 0,81 gol sofrido em média. Comandado pelo treinador Marcelo Oliveira, de pouca rodagens por times grandes, tem os destaques do meia Davi (11 gols em 17 partidas) e dos atacantes Marcos Aurélio (10 gols em 19) e Anderson Aquino (10 gols em 12).
Líder do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro tem aproveitamento de 84,4%, praticamente idêntico ao do Flamengo, mas impressiona ainda mais, já que está no que foi classificado como o grupo da morte na Copa Libertadores. Jogando em casa, o time do treinador Cuca tem 100% de desempenho neste ano, e fez 5 a 0 no Estudiantes, 4 a 0 no Guaraní do Paraguai e 6 a 1 no Tolima, além de um 7 a 0 sobre o Democrata de Governador Valadares.
Com tantas goleadas, só poderia mesmo ser o Cruzeiro o dono do melhor ataque: a média é de 3 gols por jogo. E além disso, os cruzeirenses também têm a segunda melhor defesa do Brasil, atrás apenas do número histórico do Palmeiras de Luiz Felipe Scolari. Thiago Ribeiro, com 11 gols marcados, e Wallyson, com oito, são os goleadores da temporada, mas Montillo e Roger se sobressaem na armação de jogadas.
Mesmo sem encantar profundamente, o Flamengo de Ronaldinho possui um desempenho louvável de 84,3% e já está assegurado na decisão do Campeonato Carioca graças à conquista da Taça Guanabara. Único time invicto no País ao lado do Coritiba, o Fla tem defesa segura (a quinta melhor), mas um ataque ineficiente, com apenas 1,88 gol marcado por partida. Deivid, Wanderley e Ronaldinho são os principais anotadores, com cinco gols cada.
Melhor time do eixo Norte-Nordeste, o Ceará se mostra a caminho de mais uma boa campanha na Série A, em que pese a saída do competente treinador Dimas Filgueiras, substituído por Vagner Mancini. Campeão do primeiro turno no Estadual, tem 81% de aproveitamento e a terceira melhor defesa do País. Na retaguarda, entretanto, nenhuma equipe tem números semelhantes aos da equipe de Felipão. De forma muito superior aos demais, o Palmeiras só levou oito gols nesse ano, o que permite o índice de 0,40 gol sofrido em média por jogo.
O Atlético-MG de Dorival Júnior vive momento de instabilidade, mas reforça a ideia de que é em Minas Gerais que se joga o futebol mais ofensivo do Brasil. Sempre propenso ao ataque, Dorival comanda o segundo time que mais gols marca - 2,91 em média. Vulveráveis, entretanto, os atleticanos também têm a pior defesa do país.
Abaixo, confira os rankings de aproveitamento, gols pró e gols contra, contabilizando todos os jogos oficiais dos times brasileiros em 2011:
APROVEITAMENTO
1) Coritiba - 93
2) Cruzeiro - 84,4%
3) Flamengo - 84,3%
4) Ceará - 81%
5) Palmeiras - 76%
6) Atlético-MG - 72%
7) Grêmio - 71%
8) América-MG - 70,3%
9) São Paulo - 70,1%
10) Atlético-PR - 69%
11) Botafogo - 68%
12) Internacional - 66%
13) Atlético-GO - 65%
14) Fluminense - 64%
15) Corinthians - 63%
16) Santos - 60%
17) Figueirense - 59%
18) Bahia - 56%
19) Vasco - 53%
20) Avaí - 49%
MÉDIA DE GOLS PRÓ
1) Cruzeiro - 3 gols por jogo
2) Atlético-MG - 2,91 gols por jogo
3) Coritiba - 2,72 gols por jogo
4) Vasco - 2,46 gols por jogo
5) Atlético-PR - 2,19 gols por jogo
6) Grêmio - 2,17 gols por jogo
7) Figueirense - 2,16 gols por jogo
8) América-MG - 2,11 gols por jogo
9) Ceará - 2,04 gols por jogo
10) Atlético-GO - 2 gols por jogo
10) Internacional - 2 gols por jogo
10) Santos - 2 gols por jogo
13) Botafogo - 1,94 gol por jogo
13) São Paulo - 1,94 gol por jogo
15) Flamengo - 1,88 gol por jogo
15) Fluminense - 1,88 gol por jogo
17) Palmeiras - 1,70 gol por jogo
18) Avaí - 1,68 gol por jogo
18) Bahia - 1,68 gol por jogo
20) Corinthians - 1,57 gol por jogo
MÉDIA DE GOLS CONTRA
1) Palmeiras - 0,40 gol sofrido por jogo
2) Cruzeiro - 0,60 gol sofrido por jogo
3) Ceará - 0,63 gol sofrido por jogo
3) Corinthians - 0,63 gol sofrido por jogo
5) Flamengo - 0,64 gol sofrido por jogo
6) Coritiba - 0,81 gol sofrido por jogo
7) Botafogo - 0,88 gol sofrido por jogo
7) Internacional - 0,88 gol sofrido por jogo
9) Bahia - 0,89 gol sofrido por jogo
10) São Paulo - 0,94 gol sofrido por jogo
11) Figueirense - 1,11 gol sofrido por jogo
11) Fluminense - 1,11 gol sofrido por jogo
13) Grêmio - 1,13 gol sofrido por jogo
13) Vasco - 1,13 gol sofrido por jogo
15) Santos - 1,15 gol sofrido por jogo
16) Atlético-GO - 1,2 gol sofrido por jogo
17) América-MG - 1,33 gol sofrido por jogo
18) Atlético-PR - 1,38 gol sofrido por jogo
19) Avaí - 1,57 gol sofrido por jogo
20) Atlético-MG - 1,58 gol sofrido por jogo

2 comentários:

  1. queria saber se o coritiba ainda tem o melhor aproveitamento

    ResponderExcluir