sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Coritiba integra três jogadores da base ao elenco principal


Três dos reforços apresentados pelo Coritiba nesta quarta-feira passaram quase despercebidos pela imprensa e pelos torcedores em geral. Djair, Luccas Claro e Dudu foram ofuscados pelas chegadas de Emerson, Eltinho e Davi – além da renovação de contrato do volante Leo Gago. Principais destaques do time Sub-20 do Coxa no Brasileirão da categoria, eles ganham em 2011 a chance de começarem a trabalhar no time profissional.
O ano da base Coritiba foi muito positivo. Além do bom desempenho no Brasileirão Sub-20, o time conquistou o inédito título da Taça BH de Juniores. Motivos de sobra para apostar nos jovens talentos.
- Devemos incorporar em janeiro três atletas: Djair, Luccas Claro e Dudu. São atletas que, além de qualidade, conhecem a história do clube - disse Felipe Ximenes, superintendente de futebol do Coritiba.
O 'veterano' dessa turma é o meia Dudu. No clube deste a categoria Sub-13, o jogador é a personificação desse profissional identificado com o clube citado por Ximenes.
- Esses atletas estão fazendo um ciclo inteiro no clube e isso é muito difícil de acontecer. Nós tentamos manter a tradição de ter jogadores desde pequenos no clube e aproveitá-los no profissional - explicou Mario André Mazzuco, coordenador das Categorias de Base.
Com a chegada dos pratas-da-casa ao time principal, o elenco do Coritiba terá quase 45% do seu grupo formado no CT da Graciosa.
- Do elenco que deve se apresentar em janeiro aproximadamente 42% de jogadores da base. Esperamos aumentar cada vez mais esse aproveitamento. Se pudéssemos escolher, teríamos 100% - disse Ximenes.
Subir para o profissional não significa que o jogador vai ser aproveitando imediatamente pelo técnico Marcelo Oliveira. O período de convivência com o time principal significa um aprendizado muito grande.
- Lançar jogador de base não é só colocar para jogar, mas sim vivenciar a rotina do elenco profissional. Isso é extremamente importante.
Dudu comentou a chance que recebeu.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Atlético tem melhor média de público deste ano

O Atlético tem a melhor média de público do futebol paranaense em 2010. Considerando os pagantes apenas nos jogos como mandante, o Furacão teve 13.978 por partida. Foram 13 jogos pelo Campeonato Paranaense, três pela Copa do Brasil e 19 pelo Campeonato Brasileiro.
O Coritiba está em segundo lugar na lista, com 7.660 torcedores por jogo, seguido pelo Operário de Ponta Grossa (3.621) e pelo Paraná Clube (2.748).

O Atlético registrou a melhor média do futebol paranaense também em 2009, com 15.377 nas 36 partidas na Arena. O Coritiba, em segundo lugar no ano passado, teve média de 14.422 em 38 jogos em casa. O Paraná ficou com 3.374 torcedores em 32 jogos.
Em 2010, o Coritiba foi obrigado a mandar 15 jogos fora do Couto Pereira, devido à interdição do estádio no começo do ano e, depois, pela pena imposta pelo STJD. Foram três partidas na Vila Capanema, duas no Fernando Charub Farah, em Paranaguá, e dez na Arena Joinville. Considerando apenas as 20 partidas no Couto Pereira – nove pela Série B, duas pela Copa do Brasil e nove pelo Paranaense – a média é de 11.573.

O melhor público do Atlético em 2010 foi no Brasileirão, contra o Fluminense, pela 31ª rodada. O empate por 2 a 2 registrou 22.132 pagantes na Arena. A pior bilheteria do clube no ano ocorreu na última rodada do Campeonato Paranaense, contra o Iraty, com 2.790 torcedores. 
Considerando apenas o Campeonato Brasileiro, o Atlético também fica na frente, com média de 16.377, segundo dados da CBF. O Coritiba teve média de 16.251 nos nove jogos no Couto Pereira durante a Série B.

Com a interdição do Couto Pereira, o Coritiba jogou fora do estádio nas cinco primeiras rodadas do Paranaense. Nos três jogos na Vila Capanema, os públicos foram de 2.723, 2.646 e 2.720 pagantes. Em Paranaguá, foram 1.878 (contra o Iraty) e 2.152 pagantes (contra o Paraná Clube). Nas dez partidas em Joinville, média de 2.454 pagantes.

O recorde do Coxa no ano foi contra a Portuguesa, na 22ª rodada da Série B, no Couto Pereira. A vitória por 2 a 0 teve público de 28.134 pagantes.

O Paraná Clube teve seu melhor público no jogo contra o Coritiba, pela 12ª rodada da Série B. Foram 10.060 pagantes na Vila Capanema. Desse total, 1.676 pagaram ingresso para o setor de visitantes, onde ficou a torcida do Coxa.  O pior público do Tricolor em 2010 ocorreu no octogonal final do Paranaense, contra o Operário, com apenas 387 pagantes.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Assembleia definirá mudanças no estatuto do Coritiba

O novo estatuto do Coritiba está praticamente pronto. Agora caberá ao associado optar pela mudança ou não das "leis" que regem o clube.
A convocação deve ser feita na próxima semana, com marcação de assembleia geral entre janeiro e fevereiro de 2011. Apontada a data, será elaborado um cronograma de ações para dar capítulos finais ao assunto.

A primeira das mudanças poderá estar no tamanho do G9, que passaria a ser um G5 composto por presidente e mais quatro membros do conselho administrativo.
"Se a chapa fizer 60% dos votos, vai colocar 60% dos conselheiros. Se forem três chapas, cada uma coloca o número de conselheiros proporcional", explica o presidente do conselho deliberativo, Omar Akel.Já o conselho deliberativo pode ficar maior. Além do número de cadeiras convencionais que passaria de 120 para 160, os conselheiros vitalícios também teriam o aumento de 40 para 60 integrantes.

As eleições diretas estão previstas no novo estatuto, que determina, além disso, um número proporcional de cadeiras para cada chapa inscrita e mandato de três anos.

O novo estatuto agradou ao presidente do conselho deliberativo. "Tal fato deixa o Coritiba cada vez mais representante de sua comunidade eleitoral e do seu quadro social", pontuou Omar Akel.
Já o vice-presidente do Coxa, Vilson Ribeiro de Andrade, preferiu não se posicionar, jogando a responsabilidade pra torcida. "São os sócios que devem decidir", disse.

Quem também elogiou o novo estatuto foi o ex-jogador Toby, ídolo da torcida e autor do livro "Coritiba, campeão brasileiro de 1985", que narra a trajetória da principal conquista do clube. "Acho interessante, pois assim seria mais democrático, com possibilidade de uma participação maior para todos."

Ao falar do assunto, Toby elogia os trabalhos do presidente Jair Cirino e do vice Vilson de Andrade. Depois, ressaltou a possibilidade de um maior vínculo de ex-atletas com o clube. "Com essa notícia, me animo um pouco mais para fazer minha carteira de sócio. Minha intenção como ex-jogador e torcedor é ajudar", garantiu

Mesmo Jogando Muito Melhor o Coritiba nao Passa.

Na noite desta sexta-feira (17/12), o Vasco venceu o Coritiba por 2 a 0 e conquistou uma vaga na semifinal do Campeonato Brasileiro Sub-20. Os gols vascaínos foram marcados pelos atacantes Jonathan e Nilson, que chegou ao seu quinto gol na competição nacional.

Após estrear na competição perdendo para o Internacional, os meninos vascaínos venceram o Corinthians, o Atlético-PR e empataram com o Goiás, classificando em segundo no grupo, na primeira fase do Brasileirão. Com a vitória, o Vasco encara agora o Cruzeiro na semifinal do Campeonato brasileiro Sub-20.

O Gigante da Colina atuou com a seguinte escalação: Lucas Covolan, Ari, Luan (Junior), Allan e Diogo; Elivélton, Luan (Marlone), Arthur (Washinton) e Allan; Nílson e Jonathan (Willen).

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Coritiba X Vasco Sub20

Assista a descisao a proxima vaga ao vivo pelo SporTV ou na guia ao vivo aqui do lado.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Coritiba anuncia J. Malucelli como novo parceiro

Para deixar um exemplo, o grupo J. Malucelli se tornou o mais novo patrocinador do Coritiba. A empresa perdoou uma dívida feita do clube que perdura desde os anos 1990, em troca de um ano de sua marca estampada na camisa do clube.
Os valores não foram revelados, mas especula-se que ultrapasse os R$ 10 milhões. Também não houve confirmação de nenhum dos negócios que envolvem o patrocínio na coletiva de imprensa. "Faz parte de um contrato de confidencialidade entre ambas as partes" ressaltou o vice-presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade.

No entanto, o empresário Joel Malucelli confirmou posteriormente a existência de relação entre a parceria comercial e o projeto do Coritiba no Ministério do Esporte, com possibilidade de abatimento de impostos com o investimento no clube.
"É um pacote que abrange isso, mas não podemos citar valores", disse, confidenciando que foi ele quem propôs a parceria: "Recebi a visita do vice-presidente Vilson Ribeiro de Andrade. Apontei a possibilidade (de parceria) e ele topou na hora. Estamos há dois meses tratando desse assunto. Hoje tornamos essa intenção realidade."

Ao falar do novo parceiro, Vilson Ribeiro de Andrade relembrou o passado. "O Joel é um grande coritibano. Ex-presidente, responsável pela recuperação do clube, ele tem sido um empresário importante no contexto brasileiro. Trata-se de um dos maiores empresários do Paraná. Hoje nos dá a honra de apresentar seu produto em relação à grife Coritiba", elogiou. A marca do novo patrocinador irá na barra da camisa e nas laterais do calção.

Bolada

Apesar da confidencialidade dos valores da dívida, o vice-presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, deu uma dimensão de seu tamanho. "Ele (Joel Malucelli) fez um investimento no clube. Se fosse para pagar o valor corrigido, teríamos que vender metade do estádio", comparou.

Logo depois, Joel Malucelli fez questão de deixar claro: a pendência não foi contraída em sua gestão como presidente do clube. "A origem dessa dívida veio em 1997, quando o INSS colocou o clube na parede. Como não havia saldo para pagar, foi feito o empréstimo", finalizou.
***
Coirmão

Apesar de comandar o Corinthians Paranaense, clube que dá prioridade em negociações com o xará paulista, Joel Malucelli fez questão de enaltecer que as portas estarão sempre abertas para o Coritiba. "O Corinthians Paulista tem, pelo convênio, a prioridade sobre nossos jogadores. Mas o Coritiba é o nosso segundo parceiro mais importante", afirmou.

Convocação

O vice-presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, aproveitou a coletiva de ontem para agradecer os outros parceiros do clube. "Agradecemos as empresas paranaenses que estão ajudando o projeto do Coritiba. Elas fazem parte da estruturação do clube", disse.



CONFIDENCIALIDADE????
ABREO OLHO!!!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Coritiba vence o Avaí e vai dormir líder


O Coritiba aproveitou que o Fluminense folgou na rodada e com uma vitória de 3 a 1 chegou à liderança da Chave 2 do Campeonato Brasileiro sub-20. O jogo, disputado neste sábado em Santa Maria (RS), foi o terceiro do Alviverde, que agora tem sete pontos. O Flu aparece em segundo com seis, mas com apenas duas partidas. Já o derrotado Avaí segue zerado.
A equipe paranaense fez dois gols no primeiro tempo, com Vinicius e Dudu, e foi para o intervalo com mais tranquilidade. No segundo, ainda teve capacidade de ampliar, com Wilson Junior. O Avaí só marcou o seu aos 40 da etapa final, com Derik.
Na próxima rodada, no dia 13, o Coxa vai enfrentar o Fluminense, e o Avaí encara o Vitória. O Santos é o time a folgar desta vez.

Alex, a atração do centenário Coritiba

Nem Palmeiras, tampouco Flamengo.
Ao que parece, o meia Alex, de 33 anos, hoje no Fenerbahce, já decidiu seu futuro.
Ao final do contrato com o clube turco, em maio, o jogador vai jogar pelo Coritiba, clube que o revelou e que volta à Série A do Campeonato Brasileiro, em 2011. 
Segundo me informam, apesar de a negociação não estar oficialmente acertada, Alex deverá ser a grande atração do Coxa nas comemorações pelo seu centenário.
Tomara!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Conselheiros do Coritiba discutem estatuto.

Um Coritiba com o estatuto cada vez mais democrático. Esse é o motivo de uma de reunião de conselheiros que ocorre hoje, dando capítulos finais para uma das principais reivindicações de torcedores durante todo o ano de 2010.

Fruto de uma grande coleta de assinaturas ocorrida no início do ano, a campanha pelo novo estatuto pedia um Coritiba mais transparente. O discurso foi incorporado pela atual gestão, que durante o ano criou um espaço para sugestões de associados no próprio site do clube.

Da internet vieram mais de 200 sugestões, muitas delas incorporadas ao texto que será concluído hoje e apresentado aos cerca de 180 conselheiros do clube no dia 13 de dezembro. "Todo processo foi coordenado por uma comissão legislativa composta por cinco pessoas, que conduziram a montagem da proposta final", explica o presidente do conselho deliberativo do Coritiba, Omar Akel. 
Depois da redação final do documento, escrito e analisado por advogados e desembargadores ligados ao Coritiba, o próximo passo será a convocação de uma assembleia geral de sócios. "Isso deve ocorrer no final de janeiro ou início de fevereiro", afirma Akel, ressaltando a necessidade de aprovação pelo conselho deliberativo na segunda-feira.

Os organizadores do movimento das assinaturas pela reforma estatutária mostram entusiasmo. Entre eles está Percy Goralewski, 33 anos, responsável pelo site Coxanautas.
"Sempre defendemos que alguns paradigmas e padrões precisavam ser quebrados. Isso começou a ocorrer quando entreguei as assinaturas diretamente nas mãos de Omar Akel", afirma.

Para o presidente do conselho deliberativo do Coritiba, a reforma no estatuto e a mudança na gestão do clube foi fruto de uma integração entre o G9 e o conselho deliberativo.
Trata-se da volta por cima depois de todos problemas ocorridos ano passado. "Apesar de tudo, o clube permaneceu muito motivado e energizado com a participação ativa de todos os conselheiros", resumiu Akel.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Coritiba é o melhor time paranaense no ranking da CBF


A CBF divulgou na última quarta-feira, dia 8, o ranking nacional de clubes para 2011, com as atualizações de 2010. O Coritiba aparece na 15ª colocação e é o melhor time paranaense do ranking.
O ranking da CBF é publicado anualmente ao término de cada temporada e tem como critérios de pontuação a classificação dos clubes nos Campeonatos Brasileiros das séries A, B, C e D e pela Copa do Brasil. Com o título Brasileiro da série B deste ano, por exemplo, o Coritiba somou 40 pontos.
No ranking 2010, o Coritiba ocupava a 14ª posição. Com uma boa campanha em 2011, o clube deverá reassumir a classificação anterior assegurando a hegemonia entre os clubes paranaenses. O Atlético-PR ocupa a 18ª colocação, o Paraná Clube a 23ª e o Londrina a 32ª.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

A TAÇA!!!!

Coritiba e Vitória empatam em jogo emocionante na estreia do Sub-20


Coritiba e Vitória empataram em 3 a 3, em Santa Maria-RS, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20, nesta terça-feira. Emocionante, a partida teve dois gols nos acréscimos e uma virada. Apesar de ter entrado no início da noite, o duelo foi disputado sob forte calor.
Dois clubes se classificam para a fase seguinte, e Alviverde e Rubro-Negro estão iguais, com um ponto, em grupo que ainda tem Santos, Fluminense e Avaí. Na próxima rodada, o Vitória folga, enquanto o Coritiba enfrenta o Peixe, na quinta-feira, às 19h, também em Santa Maria.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Coritiba recebe trófeu da Série B, durante Prêmio Craque Brasileirão

Na noite desta segunda-feira, 06 de dezembro de 2010, o Coritiba recebeu o troféu de campeão brasileiro da série B 2010 na festa Craque do Brasileirão, organizado pela CBF, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

O presidente do Coritiba Jair Cirino dos Santos subiu ao palco ao lado do técnico Ney Franco e do capitão Jeci. Os três ergueram o troféu do bi-campeonato da série B conquistado pelo Coxa.

Um dos apresentadores do evento, Marcos Palmeira, declarado torcedor vascaíno falou sobre a dificuldade da conquista. "Sei bem o quanto é difícil conquistar esse título", disse.

Além do Coxa, o Fluminense, o ABC e os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro também foram homenageados. "Foi uma conquista que ficou marcada pela superação. Um ano depois a gente está aqui em um dia de alegria e que fica marcado por felicidade na história do Coritiba", revelou o técnico Ney Franco, que agora irá comandar a seleção brasileira sub-20. "É um sentimento de dever cumprido e espero reencontrar o Coritiba aqui outras vezes. De longe, meu coração vai bater mais forte pelo Coxa", emendou.

"Eu apenas represento um grupo que foi guerreiro e se superou para chegar até aqui. Sempre falo que tenho um sonho de uma grande conquista pelo Coritiba e espero que em 2011 a gente possa brigar por isso", concluiu Jeci.

Coritiba acerta contratação de atacante do Bahia para 2011

Aos poucos e de forma silenciosa, o Coritiba vai trabalhando na busca de reforços para 2011. Depois de trazer o armador Vinícius, que estava sem clube desde que se desligou judicialmente do Paraná, o time trouxe agora o atacante Wilson Júnior.
O jogador, 19 anos, pertence ao Bahia e chega por empréstimo de uma temporada. Assim como Vinícius, ele também se apresentará antes à equipe Sub-20 do clube, para a disputa do Campeonato Brasileiro da categoria, que se inicia nesta terça-feira.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Marcos Aurélio revela acerto para ficar no Coritiba: 'só falta assinar'

Um dos remanescentes do trágico rebaixamento do Coritiba, no ano passado, o atacante Marcos Aurélio deverá permanecer no clube por mais uma temporada. Segundo revelou o própio jogador, a renovação do contrato está encaminhada e pode ser fechada nesta semana.

"Só falta assinar, mas desta semana não passa", disse o artilheiro, em declaração reproduzida pelo jornal "Gazeta do Povo".

A diretoria alviverde confirma que está negociando as renovações, mas ainda não divulgou nada de concreto oficialmente.

Apesar de ter sofrido com algumas lesões, ao longo da temporada, Marcos Aurélio terminou  A Série B como artilheiro da equipe, com 10 gols, ao lado de Rafinha.

Além dele, outros titulares do time campeão brasileiro têm prioridade na renovação de contratos. São os casos dos atacantes Rafinha e Leonardo.

O primeiro já disse que pretende ficar, mas depende de uma decisão da Justiça do Trabalho, que julga nesta terça-feira, um pedido de rescisão de seu vínculo com o São Paulo. Leonardo, que teve seu nome especulado como reforço do Atlético-PR, estaria com a negociação adiantada.

"Estou com a cabeça no Coritiba, eu quero muito ficar aqui. Está praticamente tudo certo e até quarta-feira a gente acerta", declarou, após o jogo com o Guaratinguetá.

Outros destaques do time na campanha do retorno à Série A, o volante Léo Gago e o meia Enrico, têm possibilidades pequenas de continuar. Os dois pertencem ao Vasco da Gama, que já teria solicitado seus retornos a São Januário

Saga do Coritiba inspira filme, livro e trilha sonora


Em 2005, o zagueiro Pereira foi um dos personagens do filme “A Batalha dos Aflitos”, que narrou o retorno do Grêmio à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Cinco anos depois, ele volta a fazer parte de um roteiro que também inspira uma obra cinematográfica. Trata-se da saga do Coritiba para se reintegrar à elite nacional. Segundo o jogador, a história é mais rica do que a que inspirou o filme gremista. “A batalha aqui não durou um jogo só, mas um campeonato inteiro”, resume Pereira.
Consciente de que tem uma boa história para contar, o Coritiba vai sim eternizá-la no cinema. O nome do filme ainda não está definido, mas há um consenso entre os dirigentes do clube de que ele deve carregar a palavra “saga”. “Foi mesmo uma saga. Saímos de um rebaixamento, seguido de uma condenação pesada, que nos obrigou a jogar um turno inteiro fora de casa, e voltamos campeões. Isso até me inspira a fazer uma canção para a torcida, que nunca nos abandonou”, elogia o técnico Ney Franco, oferecendo-se para a trilha sonora.
Segundo o diretor de marketing do Coritiba, Oliver Kawase Seitz, além do filme há vários projetos em andamento para marcar a volta do clube em alto estilo à primeira divisão. “Algumas coisas poderão ser feitas e outras, eventualmente, não”, diz, informando que filme e livros são os projetos que devem sair do papel. E o clube tem pressa para lançá-los, a fim de aproveitar a onda emocional que capturou a torcida. “Eles precisam ser lançados dentro de um período próximo ao evento, e estamos nos preparando para isso”, afirma.
Aliás, a torcida será um capítulo à parte em qualquer produto que procure eternizar a saga do Coritiba. “A nossa torcida se destaca pelo lema ‘torcida nunca abandona’, e isso a gente conseguiu colocar à prova neste ano”, ressalta Seitz.
Para fazer o link desta fidelidade com a avalanche emocional desencadeada pelo título da série B, o Coritiba pretende usar filme e livros para alavancar ainda mais o número de sócios. Hoje em 17 mil, o clube tem a meta de atingir 25 mil nos próximos meses.
Como já tem know-how em produção cinematográfica, o filme deve vir primeiro para manter acesa a chama do título. Em 2008, o clube lançou o documentário "Da queda ao Alto da Glória", que contou a trajetória da equipe na campanha da série B de 2007, que também terminou com a conquista do campeonato. Na ocasião, estima-se que foram vendidos perto de cinco mil DVDs. Agora, com muito mais ingredientes emocionais, a saga do Coritiba sinaliza que vai precisar de muito mais cópias.

sábado, 16 de outubro de 2010

sport 3 X 2 CORITIBA

Com 2 gols de penalti duvidosos, e outro de contra ataque quando o time Paranaense punha pressão, o sport passou pelo Coritiba com as calças na mão, mesmo tendo um jogador a mais.
Veja os gols desta partida decidida pela arbitragen:

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Briga judicial entre Coxa e Marítimo pode afetar transferências de jovens atletas


Anderson Gomes foi uma das boas revelações do Coritiba em 2006, ano em que o clube se recuperava da queda para a Série B e tentava voltar à elite do futebol nacional. Um ano depois, com o clube reerguido e entregue à Série A, o contrato do atacante terminou e ele rumou para o Marítimo, de Portugal. Uma história comum do esporte no país, não fosse pelos percalços envolvendo as duas equipes que surgiram de lá pra cá. O time brasileiro cobra na Justiça uma compensação financeira por ter formado o jogador.
Todo o imbróglio começou quando, aos 22 anos, no final de 2007, o jogador teve seu contrato encerrado e seguiu para o clube europeu sem deixar ao Coxa nenhuma compensação financeira pela sua formação. Cerca de um ano após o ocorrido, o clube entrou com uma ação na Fifa contra os portugueses, reivindicando tal quantia e, no final do ano passado, ganhou o direito de receber cerca de 120 mil euros dos lusitanos.
Porém, quando tudo parecia ter se encaminhado para uma solução, já que a quantia não representa um aporte muito grande de dinheiro para um clube de futebol, o time da Ilha da Madeira tomou uma decisão inesperada.
"Eles apelaram para o CAS (Corte Arbitral do Esporte) no dia 1º de setembro, alegando que a medida de compensação ao clube formador restringiria o Tratado de Amizade entre Brasil e Portugal, que assegura aos cidadãos brasileiros o livre acesso ao país, com os mesmos direitos que a população local", afirma Eduardo Carlezzo, advogado do Coritiba e especialista em casos desse tipo.
"O que dizem os portugueses é que, se é necessário pagar para um atleta sem contrato entrar no país, então a lei estaria indo de encontro ao tratado", comenta Carlezzo.
Tal medida, segundo o jurista, acabaria destruindo grande parte do que foi ''conseguido'' com as inovações feitas pela Fifa desde 2001, no que envolve a transferência de atletas para o exterior.
"Se for aceito esse pedido, estaria sendo aberto um precedente grave para os clubes brasileiros, já que temos, segundo dados da CBF, cinco mil atletas saindo do país para o exterior, sendo mil deles para o futebol português, e grande parte desses tem menos de 23 anos. Assim, muitos jovens sairiam do Brasil sem o clube formador receber o que tem direito", analisa.
Mas, para o próprio advogado, a sentença do tribunal dificilmente será favorável aos portugueses. "Eu acredito que a petição não vai ser aceita, porque sobreporia as regras da Fifa, praticamente ruiria todo o sistema construído", finaliza.
O julgamento e a sentença do CAS ainda não têm data marcada, mas tudo indica que até o fim do mês o caso estará resolvido.

Esta Pintando um Idolo!!!!

Curitiba, PR, 15 (AFI) – Um dos principais destaques do Campeonato Brasileiro da Série B neste ano, o meia Rafinha revelou o desejo de se transferir em definitivo para o Coritiba. No entanto, para isso acontecer, ele terá que resolver a briga que vem travando na Justiça com o São Paulo.
Dono dos direitos federativos do meia, o Tricolor vem emprestado-o constantemente nos últimos anos para diversos clubes, como Grêmio, Santo André e Paraná. Chateado com a situação, Rafinha afirmou que só falta conseguir sua liberação para assinar com o Coxa, onde ele pretende ficar por muito tempo.
"Quero permanecer por muito tempo aqui. Tenho pendência com o São Paulo e espero conseguir a liberação. Aí o caminho ficaria mais fácil para continuar no Coritiba", afirmou o meia, que já marcou dez gols nesta Série B.
Rafinha também afirmou que está vivendo o melhor momento em sua carreira, pois está em clube e uma cidade boa, jogando com jogadores de qualidade. "Graças a Deus estou num bom momento, feliz, com minha família feliz, numa cidade boa, num clube bom. É sim o meu melhor ano da carreira", comentou.
Seu contrato de empréstimo com o Coritiba vai até o final do ano e depois, se não conseguir a liberação na Justiça, terá que voltar para o São Paulo, onde nunca teve oportunidade para mostrar o seu futebol. No ano passado, ele também se destacou, mas vestindo a camisa do rival Paraná e atraiu olhares de muitos clubes no início da temporada, como Ponte Preta e Guarani.

Parabens Rafinha!!!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Atriz Guta Stresser lança livro infantil sobre o time do Coritiba

A atriz Guta Stresser vem a Curitiba no próximo dia 15 (sexta-feira), às 19h30, para uma noite especial de autógrafos do livro infantil “Meu Pequeno Coxa-Branca” (ed. Belas Letras, 24 pág., R$ 19,90) e um bate-papo com o público. O encontro será na Livrarias Curitiba Megastore do ParkShopping Barigui (rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600,loja T17, Mossunguê, tel. 41-3330-5160) e a entrada é franca.
 
obra – que é um produto licenciado pelo Coritiba - integra uma coleção de livros infantis oficiais sobre os grandes clubes brasileiros escrita por torcedores ilustres de cada time. A coleção conta com livros assinados por Serginho Groisman (Corinthians), Nando Reis (São Paulo), Soninha (Palmeiras), Evandro Mesquita (Fluminense), Gabriel O Pensador (Flamengo), Helio de La Peña (Botafogo), Fernanda Abreu (Vasco), Humberto Gessinger (Grêmio), Wilson Sideral (Atlético-MG) e Luís Augusto Fischer (Internacional).   
 
Enredo
Em Meu Pequeno Coxa-Branca, de maneira descontraída, Guta Stresser conta como André, um menino carioca, se tornou fã do Coritiba. André narra como seu avô apresentou o Coxa para sua mãe e seu tio, levando-os a se apaixonarem pelo time. 
 
Uma história fascinante, que o ilustrador Theo Cordeiro conseguiu traduzir com belas imagens, entre elas a de um ônibus verde e branco, repleto de torcedores vestindo a camisa do Coxa. As ilustrações registram também momentos inesquecíveis vivenciados pela família do personagem André, como a confecção de um boneco de neve chamado Eli, a ida para o Rio de Janeiro e a vitória do Coritiba sobre o Bangu, entre outros.
 
“Os desenhos foram feitos com grafite, sem uma arte-final e em seguida foram coloridos e tratados digitalmente. Gosto quando por baixo das camadas de cor o desenho ainda apresenta características de esboço, acho que muito da espontaneidade do traço se perde na arte-final. Mesmo a colorização no computador foi feita com gestual semelhante ao que eu usaria se pintasse à mão”, explica Theo.
 
Perfil
Guta Stresser começou no teatro, em Curitiba, e desde então tem vários trabalhos reconhecidos por público e crítica como O Vampiro e a Polaquinha, de Dalton Trevisan, e direção de Ademar Guerra – espetáculo que foi o maiorsucesso da história do teatro paranaense. Participou de filmes como A Partilha, Nina e Redentor. Se notabilizou pela personagem Bebel Carrara no programa A Grande Família, da Rede Globo.
 
Serviço
O que: Noite de autógrafos no livro “Meu Pequeno Coxa-Branca” e bate-papo com a atriz Guta Stresser
Quando: Dia 15 de outubro (sexta-feira), às 19h30
Onde: Livraria Curitiba Megastore do ParkShopping Barigui (rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600, loja T17, Mossunguê, tel. 41-3330-5160)
Quanto: Entrada franca

CORITIBA 5 X 1 America-RN

O Coritiba ampliou sua vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro nesta terça-feira. Jogando em casa, goleou por 5 a 1 e empurrou o América-RN para a lanterna. Como os rivais tropeçaram nesta 28.ª rodada, o time paranaense aumentou de quatro para sete pontos às frente do vice-líder, o América-MG.


domingo, 10 de outubro de 2010

Coxa se isola na ponta e distância para o G4 é a maior dos Pontos Corridos

Amigos blogueiros, a 27ª rodada foi completada ontem e deixou os times do G4 em ótima situação. Com exceção do Figueirense, todos ganharam e, com a derrota do Sport para o Ipatinga, isolaram-se ainda mais na tabela. A diferença do 4° colocado (Bahia, 48) para o 5° (Sport, 43) é de 5 pontos. Para se ter uma ideia, após 27 rodadas, essa é disparada a maior distância entre o G4 e a 5ª posição da história dos pontos corridos na Série B. Nunca uma diferença tão grande foi tirada nessa fase do campeonato. A maior foi conseguida pelo Barueri, em 2008 (veja abaixo).Distância entre o 4° e 5° colocados após 27 rodadas desde 2006. Em azul quem subiu ao final do campeonato     
O que pode animar os torcedores dos times que estão fora do G4 é que, tirando o ano passado, sempre um clube que não figurava entre os 4 primeiros depois de 27 partidas conseguiu uma das vagas. O problema é justamente a diferença de pontos.
Na ponta da tabela, o Coritiba derrotou o Bragantino fora de casa e é cadaClassificação do returno após 8 rodadas vez mais líder. Com 53 pontos, parece ser muito difícil tirar o título do Coxa, principalmente pela consistência e regularidade apresentadas. A equipe de Ney Franco não está na frente à toa e alguns dados provam isso. É o time que mais rodadas esteve na liderança, 10 no total. Também é, ao lado do Figueirense, o que mais permaneceu no G4, em 20 das 27 rodadas. Após um final de turno com alguns tropeços, no returno o Coritiba é o único invicto e tem a melhor campanha (veja ao lado). Esse crescimento de produção coincide com a mudança de esquema tático da equipe, que passou a jogar com 3 zagueiros e com Enrico (autor de 2 gols contra o Bragantino) mais adiantado, ao lado de Leonardo. O elenco coxa branca também é um trunfo. Ontem, por exemplo, jogadores importantes, como Tcheco e Marcos Aurélio, ficaram como opções no banco.
Outro dado interessante sobre a campanha alviverde é que o Coxa é o 3° melhor visitante desde 2006, com 57,1% de aproveitamento (7 vitórias, 3 empates e 4 derrotas). Somente o Vasco de 2009 (64,1%) e o Corinthians de 2008 (61,5%) tiveram números um pouco melhores. Para completar, na Era dos Pontos Corridos, sempre o líder após 27 rodadas terminou campeão, exceto em 2006, quando Sport liderava nessa altura do campeonato, mas o Atlético-MG levantou a taça (a diferença entre os times, no entanto, era de apenas 1 ponto).
Em relação aos outros times do G4, a regularidade também me faz acreditar que será difícil que algum deles fique sem a vaga. O Figueirense, como já escrevi, ficou 20 das 27 rodadas entre os 4 primeiros. O Bahia figurou no grupo em 16 rodadas e o América-MG em 11, os recordistas no campeonato. Como comparação, o Sport, hoje o 5° colocado, ainda não teve o gostinho de entrar na zona de classificação para a Série A.
Só não dá para descartar o Rubro-Negro porque, apesar da derrota para o Ipatinga, o time de Geninho tem boa campanha no returno e ótimo aproveitamento com o treinador no comando (68,8%). Mas perder em casa para o lanterna do campeonato é inadmissível para uma equipe que almeja o acesso. Ainda mais porque o Tigre não tinha vencido uma vez sequer como visitante. O jogo contra a Ponte Preta, nesta terça, será decisivo para ambos. Quem perder praticamente dá adeus às chances de subir. Quem vencer ainda respira. Em caso de empate, ouso dizer que os 2 morrerão abraçados.
Na parte de baixo da tabela, os times fora do Z4 conseguiram dar uma respirada em relação à zona de rebaixamento. A distância entre o 16° e o 17° colocados também é a maior da história dos pontos corridos: 3 pontos. Nesse caso, porém, tivemos alguns exemplos nas 4 edições anteriores de equipes que estavam ainda mais longe do grupo dos 4 últimos após 27 rodadas e terminaram rebaixadas, além de outras que pareciam condenadas e escaparam.
Em 2007, o Santa Cruz era o 10° colocado nessa altura do campeonato, com 38 pontos, 6 acima de Paulista (17°, com 32) e Santo André (18°, com 32), que abriam o Z4. E o Santa acabou caindo para a Série C no ano seguinte; o Ramalhão escapou. Em 2006, o Vila Nova tinha 34 pontos e era o 14°, 4 acima do Guarani (17°, com 30), São Raimundo-AM (18°, com 30) e Ceará (19°, com 30). Caiu. Já o Paysandu era o 11°, com 37 pontos e também terminou rebaixado. A grande escapada daquele ano foi a Portuguesa, que nessa rodada tinha 27 pontos, na lanterna, e conseguiu permanecer na Série B no ano seguinte, assim como o Ceará (veja abaixo).A situação na parte baixa da tabela após 27 rodadas, desde 2006. Em vermelho os times que foram rebaixados
Terça-feira, teremos rodada completa e decisiva. Dependendo dos resultados, poderemos ter, pelo menos, a briga pelo acesso praticamente definida. É esperar pra ver.


Creditos http://colunas.sportv.globo.com/revistadaserieb/2010/10/10/coxa-se-isola-na-ponta-e-distancia-para-o-g4-e-a-maior-dos-pontos-corridos/

sábado, 9 de outubro de 2010

Bragantino 2 X 3 Coritiba

Retirada de ingressos para os jogos de outubro


Sócio, se você ainda não recebeu o cartão Smart, aproveite esta semana para retirar os ingressos para os jogos do mês de outubro.

Compareça à Central de Relacionamento com Sócio portando o RG. É possível que outra pessoa retire os ingressos, mas é fundamental estar com o RG do Sócio.

Horário de atendimento especial:
Sábado - das 9h às 13h
Domingo - das 13h às 19h
Segunda - das 9h às 19h

Entrega das camisas para os sócios




O Coritiba iniciou nesta sexta-feira (08) a entrega da camisa oficial aos Sócios que permaneceram adimplentes de junho a setembro de 2010. Têm direito a retirada àqueles que pagaram anuidade, ficaram quites neste período ou acertaram as mensalidades mesmo que atrasadas. A promoção é destinada aos sócios cadastrados até junho de 2010.

A entrega é feita no Espaço 100 Anos mediante apresentação da carteirinha de Sócio e documento de identidade. Saiba mais ligando para 3218-1993. 

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Atacante Tuta processa Coritiba por uso indevido de imagem

O atacante Tuta decidiu processar o Coritiba, devido ao uso de uma foto sua, numa campanha de marketing feita em 2007. Na época, o clube espalhou outdoors por Curitiba, nos quais fazia uma provação ao rival Atlético-PR. A peça publicitária exibia uma imagem do jogador, fazendo sinal de silêncio, acompanhada da frase, "Falacianos, torcida se mede dentro de estádio”.
A foto foi feita na final do Paranaense de 2004, quando Tuta defendia o Coritiba e marcou um dos gols do empate por 3 a 3 com o rival, que deu o título ao time alviverde. Agora, o jogador alega que não autorizou o clube a utilizar sua imagem e que isto provocou ameaças à sua integridade física e da família.
Segundo o advogado do atleta, Daniel Glomb, a provocação colocou em risco os filhos do de Tuta
“Na época, a família dele ainda residia em Curitiba e o fato chegou a ter repercussão no colégio onde os filhos do Tuta estudavam. Por isso, eles (os familiares) tiveram que tomar uma série de precauções”, disse o advogado ao jornal Tribuna do Paraná.
Segundo Glomb, a imagem do jogador não poderia mais ser explorada pelo clube, pois o contrato havia se encerrado em 2004.
O departamento jurídico informou que o Coritiba ainda não notificado sobre ação. Atualmente, Tuta está jogando no Rezende, do Rio de Janeiro.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Coritiba faz contas para chegar ao título da Série B

Oficialmente, a grande meta do Coritiba na Série B é conseguir o acesso à primeira divisão. Para isso, o atual líder da Segundona precisa terminar a competição entre os quatro melhores — o chamado G4. Porém, o técnico coxa-branca Ney Franco vem mudando o discurso. Confiante que o acesso virá quando o clube somar 65 pontos, o treinador fala que o objetivo passou a ser a conquista do título. E as contas para isso já começam a aparecer.

“O momento é esse. São 12 jogos e em nossa conta precisamos vencer cinco, no mínimo, para garantir o acesso. Então, estamos numa condição de poder falar em título”, declarou o treinador. “Faltando 12 rodadas, você na liderança, tem que tentar a partir desse momento cobrar dos atletas um título brasileiro, que é bom para todo mundo, bom para o Clube”.

Segundo o site Chancedegol, especialista em calcular perspectivas dos times em torneios como a Série B, o Coritiba tem 54,6% de chance de ser campeão. O cálculo é feito no atual momento: a equipe lidera a Segundona, com 50 pontos, e tem mais 12 jogos pela frente — seis em casa e seis no campo do adversário. Dentro dessa matemática, o grande rival é o Figueirense, segundo colocado, com 48 pontos e 34,7% de chance de título.

Os dois times praticamente polarizam a disputa. O site calcula em apenas 5,9% as chances do América-MG, atual terceiro colocado. O detalhe é que paranaenses e catarinenses ainda vão medir forças, no dia 13 de novembro, no Couto Pereira. A partida é válida pela antepenúltima rodada da Série B. Na atual conjuntura, provavelmente definiria o campeão. 

Ney Franco, porém, admite que haverá dificuldades no caminho. Segundo ele, para ser campeão, o time terá que manter o atual aproveitamento de pontos (64%) até o fim da competição. E diz ainda que o time não pode se acomodar depois que conseguir o acesso à elite. “Não existe conforto nenhum, é pressão o tempo todo. Temos que estudar a tabela o tempo todo, não pode ter relaxamento”, afirmou. “Sabemos que é um competição longa e teremos tropeços, mas temos que fazer de tudo para adiar esse tropeço”, finalizou.
Fonte www.bemparana.com.br

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Sócios do Coritiba poderão assistir treino noturno


No próximo domingo, o Coritiba irá realizar um treinamento no Estádio Couto Pereira, visando a partida com o América-RN, que será realizada na terça-feira, no mesmo local. Porém, o treino será a noite e com presença de torcedores.
Durante todo o período em que o clube precisou mandar seus jogos em Joinville, toda a iluminação de seu estádio foi trocada. Como o aniversário de 101 anos do clube é na terça-feira, no dia do jogo, a diretoria resolveu fazer esta promoção apenas para os sócios, que acompanharão a preparação da equipe.
As atividades estão marcadas para começar às 18h, com os portões do estádio sendo abertos às 16h30. Todos os torcedores ficarão no setor social.
"No domingo teremos a possibilidade de reunir nossos sócios no local onde eles mais gostam de estar, no Couto Pereira. E isso em um evento único que é a apresentação, em primeira mão, da nova iluminação do estádio - algo que planejávamos há algum tempo e viabilizamos agora", disse Carlos Zanetti, diretor do Conselho Administrativo.